Ser Essência - Desenvolvimento humano e terapias integradas

Blog do autoconhecimento, consciência, saúde mental e emocional

Conheça 8 tipos de depressão

Os casos de Depressão no Brasil e no mundo vem crescendo com o passar dos anos, mas muitos desconhecem os possíveis indícios da doença e acreditam que ela se resuma à tristeza. Na verdade, existem diferentes sintomas e tipos de quadros, que podem variar dependendo o grau e do tempo em que a pessoa permanece nesse estado.

Considerada a doença mais incapacitante do mundo pela Organização Mundial da Saúde, ela já atinge 322 milhões de pessoas. Ainda assim, a falta de informação e o preconceito fazem com que poucos busquem o tratamento adequado.

tipos de depressão

Os sintomas mais comuns são:

– Baixa autoestima;

– Sentimento de culpa ou inutilidade;

– Fadiga constante ou perda de energia;

– Perda ou ganho de peso não intencional;

– Insônia ou sonolência;

– Dificuldade de concentração;

– Desinteresse pelas atividades que antes davam prazer;

– Pensamentos recorrentes de suicídio ou morte.

Os casos de Depressão podem ser divididos entre leves, moderados ou graves. Sendo que a duração também irá determinar o seu tipo:

– Episódio depressivo: A pessoa apresenta os sintomas, mas estes duram até seis meses e não se intensificam.

– Transtorno Depressivo Maior: Os sintomas são intensos e duram mais de seis meses ou são recorrentes. Esta é uma situação grave e pode ter relação com herança genética, havendo uma mudança química no funcionamento do cérebro.

– Depressão Bipolar: Quem sofre de Transtorno Bipolar também pode apresentar momentos depressivos, intercalados com períodos de euforia. Nesse caso, a pessoa pode apresentar agitação, ocupar-se com diversas atividades, ter obsessão com determinados assuntos e aumento da impulsividade ou da energia.

– Distimia: Há casos em que ela chega a não ser tratada pois é confundida com o jeito de ser da pessoa, mas é uma doença e há cura. Os sintomas são mais leves, mas duram mais de dois anos, quem sofre com o problema normalmente é visto como uma pessoa desanimada ou mal-humorada.

– Depressão atípica: Podem não aparecer quadros melancólicos, mas sim uma falta de energia, humor apático, cansaço e aumento do sono.

– Depressão sazonal: Caracterizada por aparecer devido à uma estação, como no inverno, ou em determinada época próximo a datas específicas, como nas festas de final de ano.

– Depressão Pós-Parto: Pode ocorrer devido à queda dos níveis hormonais na gestação, gerando sintomas como tristeza, irritabilidade ou rejeição do bebê.

– Depressão Psicótica: É um tipo raro e considerado grave, nela os sintomas da Depressão aparecem com outros como delírios e alucinações.

Diagnóstico e Tratamento

Conhecer os sintomas e os tipos de Depressão é importante para estar atento a possíveis indícios, mas o diagnóstico só pode ser realizado por um profissional de saúde mental, assim como o tratamento que normalmente é feito por um psiquiatra e um psicólogo.

Sempre que houver uma suspeita, é fundamental procurar ajuda para iniciar o tratamento o quanto antes, possibilitando uma melhora na qualidade de vida e no convívio em sociedade.

O preparo da família também é importante durante o tratamento, ela precisa estar informada sobre a doença, sintomas e riscos para poder dar o apoio necessário.

 Fonte: MentalClean