Ser Essência - Desenvolvimento humano e terapias integradas

Blog do autoconhecimento, consciência, saúde mental e emocional

Os 6 tipos de “Eu” contidos em nossa mente

Como já sabemos, nossa mente é maravilhosa e possuímos habilidades incríveis para gestão, planejamento, organização e realização de nossas vidas e nossas tarefas diárias. Estarmos conscientes dos movimentos de nosso 6 tipos de “Eu” nos auxilia a mantermos uma compreensão maior sobre nosso estado mental, que influencia diretamente nossos sentimentos e ações. Segue abaixo os 6 tipos de “Eu” e suas variações:

multipla personalidade

1) EU GERENTE

Movimento mental no qual  o Eu aprendeu a gerenciar seus próprios pensamentos, a exercer a arte de se autoquestionar. Pessoas regidas por  esta mente libertam seu imaginário, apreciam os movimentos do autofluxo, são criativas, motivadas, inspiradas e também capazes de criticar suas idéias, verdades e crenças. São pautadas pelas seguintes características:

  • Autoquestionador
  • Aprecia o movimento do autofluxo
  • Motivado
  • Inspirador
  • Duvida de seus pensamentos perturbadores
  • Utiliza-se do aparato mental: Duvidar – Criticar – Determinar

2) EU VIAJANTE OU DESCONECTADO

Movimento mental de pessoas que embarcam seu Eu em todas as viagens promovidas pelo autofluxo, sem realizar nenhum questionamento. São pautadas pelas seguintes características:

  • Não tem gestão mínima de sua mente
  • Assistem como espectadores passivos aos pensamentos, idéias e imagens mentais e emoções
  • Eu desconectado, não assume a direção da própria história
  • Por onde o autofluxo caminha, o Eu ingenuamente o segue
  • Vivem imersas em seu psiquismo, pensando, imaginando, fantasiando
  • São distraídos e desconectados
  • Carecem de disciplina para tonar seus sonhos em realidade

3) EU FLUTUANTE

Movimento mental, assim como o Eu desconectado, não tem âncora, segurança, estabilidade, carece de clareza sobre onde está e onde quer chegar. Segue os movimentos aleatórios de leitura da memória do fenômeno do autofluxo. Nem intuitivamente são capazes de dar direção as idéias, pensamentos, metas ou projetos. São pautadas pelos seguintes características:

  • Não tem âncora, segurança, estabilidade ou clareza
  • Não exercem sua capacidade de escolha
  • Não tem autonomia, idéias próprias, diretriz intelectual
  • Desestabiliza a própria emoção, tornando-se vulnerável, flutuante
  • Volatilidade emocional
  • Desafio de gerenciar o humor e adquirir estabilidade emocional

4) EU ENGESSADO

Movimento mental que não libera o fenômeno do autofluxo e consequentemente seu EU é rígido, fechado, inflexível. Possuem grande potencial criativo, mas são seus próprios punidores, não sonham, não se inspiram, têm pavor de serem abertos e pensar em outras possibilidades.

  • Vivem entendiados em seus íntimos
  • Não libertam o fenômeno do autofluxo
  • Contraem o imaginário e a criatividade
  • Dificuldades para respeitar as diferenças
  • Mentalmente robotizado
  • Vivem na ingratidão e reclamação
  • Tendência ao pessimismo, insatisfação e irritabilidade

5) EU AUTO SABOTADOR

Movimento mental que não gere o processo de construção de pensamentos para promover estabilidade e profundidade emocional. Vai contra a liberdade e conspira contra seu prazer em viver, sua tranquilidade e êxito profissional e  social.

  • Vai contra a liberdade
  • Carrasco de  si mesmo
  • Tendência a viver nas lamentações de perdas, fracassos e injustiças
  • Raramente dá um nova chance a si mesmo
  • Autocobrança excessiva
  • Dificuldade em relaxar e desfrutar de sua satisfação e felicidade

6) EU ACELERADO

Movimento mental que pertence ao imenso grupo de pessoas em todo o mundo, em todas as sociedade modernas, de crianças a idosos, que se entulham de informações, atividades e preocupações. E, consequentemente, excitam o fenômeno de auto-fluxo a produzir pensamentos numa velocidade nunca vista, gerando, portanto, a Síndrome do Pensamento Acelerado.

  • Síndrome do pensamento acelerado
  • Retração da criatividade
  • Doenças psicossomáticas
  • Transtornos nas relações interpessoais
  • Transtornos das relações consigo mesmo

Resumo extraído do livro: Ansiedade como enfrentar o mal do século por Augusto Cury